Seguidores

17/10/2011

Capítulo 37_2ªParte/Penúltimo


William Shakespeare
Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;
Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;
******************

Depois de um reencontro tão calorosos e emociona-te, Zac não voltou adormecer, quis sentir sempre o Vanessa perto dele, até quanto o helicóptero de resgate chegou ele não dês largou a mão dela. Não a queria voltar a perder, e sabia que para isso, ele tinha que ser o Zac apaixonado e não arrogante e frio que por um motivo estúpido chegou a ser. Ele não  a queria voltar a perder, nunca mais. Eram jovens de certo, mas o amor não tem idade, nem idade para ser encontrado. Chegaram ao hospital e ai  não teve hipóteses o médicos tiveram que o adormecer.
Zac: Quando eu acordar vais estar ao meu lado? – Perguntou com medo de Vanessa voltar a ficar longe.
Vanessa: Estarei a cada minuto ao teu lado, não te preocupes. – Beijou, e só assim ele se deixou dormir.
Vanessa não mentiu, só se afastou dele, para fazer exames para saber se com ela estava tudo bem. De noite dormiu numa maca ao lado dele, de mãos dadas nunca se afastou dele.
Ashley: Bom dia. – Disse sorrindo entrado no quarto de ambos fazendo Vanessa despertar.
Vanessa: Bom dia. – Foi até ela, e o bebe que tinha no colo. – Senta-te aqui. – Sentam se num sofá, que ficava diante da cama, de Zac. - Olhou para o amigo, que tinha uma face não muito relaxada.

Vanessa: O médico disse que ele precisava de relaxar, gemeu toda a noite com dores.
Ashley: Também com aventura que vocês passaram.
Vanessa: Pois foi ninguém diria.
Ashley: Mas sendo assim é melhor trazer a minha pequena Matilde noutra hora.
Vanessa: Não deixa te estar, ele precisa de dormir mas são quase horas de acordar. – Como Vanessa disse era hora de acorda, e assim aconteceu, com muita dificuldade Zac abriu os olhos e as olhou um pouco para o serio.

Vanessa: Olá. – Sorrio e se aproximou.
Zac: Que és tu? – Vanessa engoliu seco e mudou de cor.
Vanessa: Não sabes quem eu sou?
Zac: A minha vida o meu amor, estou certo?! – Rio e ela bateu lhe no braço.
Vanessa: Não brinques com coisas serias.
Zac: Desculpa.
Vanessa: Desculpas aceites mas bebe água. – Entregou lhe um copo.
Zac: Achas que bebi pouca quando estava no mar? – Fez uma careta.
Vanessa: Água salgada. – Ele pegou o copo e bebeu, depois olhou para Ashley.
Zac: O que é que tens ai? – Ashley e aproximou se.
Ashley: A minha filha sua besta. – Colocou a criança, no colo dele.
Zac: Mesmo agora acordei e uma chama me de besta outra bate me.
Vanessa: Verdade, mas sabes que nós de adoramos. – Passou a mão dela pela cara dele Ashley sentiu se um pouco a mais.
Zac: Linda menina. – Disse olhando para a cara de Ashley que tipo “Estou mesmo a fazer de vela”.
Vanessa: Chama se Matilde.
Ashley: Pois chama, Zac, eu fiz uma pergunta á Vanessa e também te pergunto a ti; queres ser padrinho da minha filha?
Zac: Claro que sim., com o maior gosto. – Ashley voltou a pegar na filha.
Ashley: Bem eu tenho que ir, já tive alta, depois vemo-nos?
Vanessa: Claro que sim. – Beijou a amiga e ela saio. – Posso? – Pediu para se sentar ao lado dele, ele apenas deu espaço.
Zac: Como está o nosso bebe? – Sentou se passado a mão na barriga dela.
Vanessa: Está tudo bem, e tu?
Zac: Exausto, mas tu também como estas?
Vanessa: Melhor agora que estou aqui ao teu lado. – Aproximou o rosto dando o beijo rápido.
Zac: Fico feliz, por ser assim; Vanessa tenho que te pedir desculpa…
Vanessa: Não. – Tapou a boca dele. – Esquece o que aconteceu, estás desculpado apenas esquece, ok?
Zac: Mas quanto á Rumer e tudo?
Vanessa: Estás arrependido; amas me?
Zac: Sim, estou arrependido e sim amo te, muito. – Encostou a sua testa na dela.
Vanessa: Então pronto, vamos esquecer é o melhor a fazer, eu não guardo qualquer ressentimento está tudo bem. – O voltou a beijar, e ele abraçou fazendo a deitar se ali ao seu lado.
Zac: Amo te mais que tudo, fui um inútil egoísta, igual ao meu pai, mas com uma mulher como tu, que quebra qualquer gelo no meu coração, mudei porque me apaixonei, e hoje estou enamorado, amo te, acredita.
Vanessa: Eu acredito. – Pegou na cara dele e por ali ficaram entre beijos.
*****
Eu agradeço a quem comentou, espero é que neste tenha mais comentários.

6 comentários:

  1. cap muito bom:)
    posta logo
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Espero que desta vez eles os dois tenho mais paz..
    Eles merecem :)
    Tá lindo o capítulo
    XOXO

    ResponderEliminar
  3. Capitulo muito bom!!
    Esta lindo
    By:Anonino nº1:D

    ResponderEliminar
  4. *---------------------*
    Lindooo!
    Que fofos!
    Cap muiito bom!
    POsta logo!
    Bjinhos ;*

    ResponderEliminar
  5. Lindo romance, um tanto dramático, mas ainda sim uma bela história de amor... Como eu tinha dito, ele precisava se perdoar mais que tudo, e só o amor dela por ele foi capaz de operar o milagre!

    Bjks

    ResponderEliminar
  6. amei amei ameeeeei
    foi lindo só não escrevo mais
    porque não t6o com tempo!
    beijos posta logo tô ansiosa!!!

    ResponderEliminar